Contra a privatização da universidade (RJ)

“Reitor da Uerj notifica judicialmente jornalista e sindicalista”
no site da Revista Vírus Planetário
Ricardo Vieiralves alega que o Sintuperj e a jornalista Silvana Sá teriam divulgado informações mentirosas sobre a Uerj

Na tarde do dia 24 de junho, o dirigente do Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Estaduais do Rio de Janeiro (Sintuperj), Jorge Luís de Mattos, o “Gaúcho”, e a jornalista da entidade, Silvana Sá, foram notificados judicialmente pelo reitor da Uerj, Ricardo Vieiralves. No processo, o reitor alega que Silvana e “Gaúcho” teriam divulgado mentiras e, com isso, prejudicado publicamente sua imagem e a da Uerj.

Em 18 de dezembro do ano passado, o reitor da Uerj Ricardo Vieiralves colocou em pauta no Conselho Universitário (Consun) uma minuta que pode abrir a possibilidade de privatização do Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe), por meio das Fundações Estatais de Direito Privado. Comprometido com a defesa de uma universidade pública, gratuita, de qualidade e socialmente referenciada, o Sintuperj elaborou boletins eletrônicos e impressos denunciando este passo que pode abrir as portas da Uerj rumo à privatização.

O caso foi denunciado no Jornal do Brasil e mobilizou centenas de trabalhadores e estudantes para as sessões do Consun e audiências públicas na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Mesmo após inúmeros apelos, o reitor insiste em notificar a jornalista do Sintuperj, Silvana Sá, e o diretor do sindicato, Jorge “Gaúcho”. Os trabalhadores aprovaram em assembleia uma moção de repúdio contra atitude do reitor. Os funcionários do sindicato – jornalistas, secretários – exigem a retirada da notificação judicial da jornalista e do sindicalista para impedir que atitudes como esta se repitam.

Além de Silvana Sá e Jorge “Gaúcho”, a reitoria da Uerj também está processando o Jornal do Brasil apresentando os mesmos argumentos.

Ilustrador Carlos Latuff declara apoio a jornalista e ao sindicalista do Sintuperj em defesa da liberdade de expressão


No início desta semana, o cartunista Carlos Latuff enviou apoio à causa da jornalista Silvana Sá e do sindicalista Jorge Gaúcho. Latuff ficou indignado com o processo movido pelo reitor Ricardo Vieiralves. “Minha solidariedade à Silvana, e me coloco à disposição do Sintuperj para uma charge denunciando essa atitude autoritária por parte do reitor” – declarou o artista.

Latuff é conhecido em todo o país por suas charges sempre em defesa dos trabalhadores e de uma sociedade justa e igualitária. Na tarde desta terça-feira, recebemos do artista uma charge em defesa de Silvana e “Gaúcho” e contra a atitude autoritária do reitor.

Pela retirada da notificação judicial ao sindicalista Gaúcho e à jornalista Silvana

Nesta quinta-feira, dia 29, acontecerá mais uma sessão do Conselho Universitário. Na pauta está o orçamento da Uerj e também nos manifestaremos em defesa da liberdade de expressão. Após a divulgação da notificação judicial – impetrada pelo reitor da Uerj, Ricardo Vieiralves –, jornalistas e trabalhadores de todo o País se mobilizaram contra esse atentado à democracia e ao histórico de luta dos trabalhadores da Uerj. Veja alguns dos apoiadores pela retirada da ação que notifica judicialmente a jornalista Silvana Sá e o sindicalista Jorge “Gaúcho”.

Envie você também sua assinatura para manifestouerj@gmail.com

Leia o manifesto completo aqui!

Anúncios

Sobre CCBregaMim

Classe média. Não sai da gente. Mas melhora, se a gente estiver disposta a abandonar nosso lugar na opressão.
Esse post foi publicado em MANIFESTO e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s