A vitória da Dilma pode ser histórica

A vitória da Dilma pode ser histórica.
Mas só se o desenvolvimento caminhar mais e mais rápido na direção da igualdade.

Também acho que vamos ganhar.

Estou nessa, consolidar essa vitória é hoje o melhor cenário.

Nunca o Brasil avançou tanto em direção à igualdade.

Mas a vida ainda está muito dura.

Esse  desenvolvimento que fez bem ao país como um todo só será verdadeiro desenvolvimento se avançar. Ficar parado desanda o desenvolvimento, a elite chama de marola e tudo volta ao Era uma vez …

O desenvolvimento tem que acelerar a distribuição de renda, não somente com medidas de mercado, mas com políticas públicas e investimento nos movimentos populares. O dinheiro do Estado é o que deve ser partilhado, por direito constitucional.

Por exemplo:

Está á comprovado que altos salários não coibem a corrupção (talvez salários justos sejam mais apropriados nesse combate), nossa experiência pública tem mostrado isso.

Se os juízes, desembargadores e promotores públicos tivessem redução de salário poderiam ser contratados milhares de defensores públicos imediatamente, sem gastar nenhum tostão a mais.

Os altos salários dos coronéis do judiciário falam por si. Os juízes, alçados à elite, cada vez defendem de forma mais convicta os seus interesses.

Os altos salários são contrários à democracia não só porque ganhar vinte mil reais enquanto o salário mínimo é de quinhentos e pouco é injusto.

Mas porque é contrário à democracia essa identificação da justiça com o opressor.

É preciso pagar melhor os professores e os policiais, servidores do Estado que são mal pagos e desvalorizados socialmente.

Será necessário fazer a reforma agrária.

Por isso, são necessários compromissos.

Qual será a participação popular no orçamento do Estado?

Quanto e quando o salário do professor aumentará?

E como a polícia será realmente humanizada?

Quando serão punidos os torturadores? (Enquanto isso não acontecer, o assassinato policial continuará sendo ilegalmente legalizado no Brasil.)

Quem irá fiscalizar a polícia para acabar com as milícias contratadas ou independentes?

Haverá uma Corregedoria autônoma em relação às forças armadas nacionais e  às diversas polícias? Com poder punitivo e independente de indicação política? Uma Procuradoria Geral sem indicação política?

Como a a corrupção será combatida?

E como serão humanizadas as relações institucionais?

Não é só contratar psicólogos: é preciso humanizar as hierarquias, os treinamentos, as escolas e combater a violência interna da polícia.

Será necessário que a comunicação seja finalmente garantida a todos como previsto na Constituição.

Como direito fundamental, deve ser garantida pelo Estado que o faz com a saúde, a educação e a segurança.

Como se começou a fazer com habitação e como se deve fazer com alimentação.

Isso significa participação no orçamento: para produzir informação independente do mercado industrial de informação e cultura. E também para que a informação chegue a todos os brasileiros.

Será preciso democratizar o acesso à produção de conteúdo.

Mas o dinheiro público só será destinado aos interesses sociais se as pessoas estiverem mobilizadas, se forem às ruas exigir do governo, do judiciário, do Congresso. [CC]

Anúncios

Sobre CCBregaMim

Classe média. Não sai da gente. Mas melhora, se a gente estiver disposta a abandonar nosso lugar na opressão.
Esse post foi publicado em MANIFESTO, textos.brega.mim e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s