agora rico também vai ter que pagar imposto…

É claro que a reportagem está fazendo campanha contra a cadeia.

Rico não vai pra cadeia no Brasil. Nem quando rouba nem quando mata…

Ainda assim essa história não acabou em pizza.

Atenção ricos: paguem seus impostos!

08/10/2010
14h47

Empresária Tânia Bulhões detalha esquema de fraude para tentar evitar prisão

Na Folha.com

A empresária Tânia Bulhões aderiu a um acordo de delação premiada no processo a que responde por fraude em importação. A acusada deverá pagar R$ 1,2 milhão em dívidas e R$ 1,7 milhão em indenização.

Segundo pacto feito com a 6ª Vara Federal Criminal, ela deve revelar detalhes do esquema de importação irregular, investigado durante um ano e que resultou na operação ‘Porto Europa’, realizada em 2009 por Ministério Público Federal, Receita Federal e Polícia Federal.

 

João Sal/Folhapress
Empresária Tânia Bulhões detalha esquema de fraude para tentar  evitar prisão
Empresária Tânia Bulhões, em foto de 2007, rindo de quem paga imposto… (hoje ela deve estar com bem outra cara)[CC.]

Tânia é dona de lojas de decoração e perfumaria que, juntas, tem faturamento declarado de cerca de R$ 50 milhões por ano. E teria confessado crimes em audiência na última sexta-feira.

Há quatro meses, o juiz Fausto Martins De Sanctis, da 6ª Vara Federal Criminal, aceitou a denúncia do Ministério Público Federal contra a empresária mineira e outras 13 pessoas que integrariam o suposto esquema de importação fraudulenta.

Com o acordo de delação premiada, a empresária pode, se condenada pela Justiça, ter redução da pena.

Outra possibilidade é a substituição da sentença de prisão pela de prestação de serviços comunitários.

Além disso, pode haver restrição de alguns direitos.

Tânia pode, por exemplo, ter que entregar o passaporte para não deixar o país e ser obrigada a se apresentar em juízo durante um prazo estabelecido.

SUBFATURAMENTO

A assessoria de imprensa de Tânia Bulhões diz que houve ‘subfaturamento pontual’ em 2005 e 2006, que gerou uma dívida com o fisco da ordem de R$ 1,2 milhão (em valores atualizados e com juros).

Esse débito começou a ser pago pela empresária há cerca de dois meses.

A Justiça também teria imposto à Tânia o pagamento de uma indenização de R$ 1,7 milhão ao Tesouro.

Ainda segundo a assessoria de imprensa da empresária, ela já teve bens apreendidos que somam cerca de R$ 500 mil. Esse valor poderia ser abatido da indenização.

Em nota, a assessoria de Tânia informa também que tem ‘interesse em esclarecer e resolver esta questão o mais rapidamente possível’

Anúncios

Sobre CCBregaMim

Classe média. Não sai da gente. Mas melhora, se a gente estiver disposta a abandonar nosso lugar na opressão.
Esse post foi publicado em informação necessária e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s