O triste caminho de Marcelo Adnet e sua escrava branca

O triste caminho de Marcelo Adnet e sua escrava branca
[chance para que ele deseje o fim antes de mim]

Ou: a escrava branca? e a piada estragada
Ou: tudo tem seu preço

Nosso herói dança a conga.
Mostra a bunda.
Rebola.
Usa cueca fosforecente.
Apanha que nem o pato donald.

E você, que não é espião e justiceiro
não aplica injeções de sonífero em pretos e pobres
não arranca dentes errados
se for tão bundão quanto Adnet,
poderá se comprazer em vê-lo
humilhar e ser humilhado.

A escrava branca também é um espetáculo..
Miss-ex-mais-bela-de-todas
toma mordidas
oferece a bunda
só quer grana
mete a mão no cocô
e..
sorri quando chamada de branca
Branca?

Claro, tudo limpinho
sem cocô nem bunda..
estamos falando de higienização
patrocinada pela oral b..
com lima duarte elogiando o talento..
[ironia?] da propaganda.

E assim Adnet começa bem sua vida e morte de herói global
Afogado no naufrágio de um cruzeiro, não é lindo?
Mas não, ele está lá
fantasma pra vizinha ver
promovido a contador de piadas estragadas

“Tudo tem seu preço.”

Anúncios

Sobre CCBregaMim

Classe média. Não sai da gente. Mas melhora, se a gente estiver disposta a abandonar nosso lugar na opressão.
Esse post foi publicado em INTERPRETAÇÃO, textos.brega.mim e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s