ABRIR OS OLHOS

Há muitos motivos para não ver. Fecho os olhos gostosamente pras coisas e esqueço.
Ver dá muito trabalho, porque tira o prazer das coisas bobas. Não porque ver é perverso, mas porque coisas bobas não são prazerosas.
Bom é a gente estar com as pessoas em igualdade, trocando saberes e alegrias. As coisas bobas que eu compro no mercado são produtos do mercado. Não nasceram na igualdade ou alegria e trazem consigo as marcas da opressão – são aparelhos de solidão, são muletas que me ajudam a tocar adiante mesmo só e mutilado ou ferida.
Ver a opressão me tira o gosto pelas coisas bobas e por isso delas não sinto a menor falta. Prefiro a bobeira chamada alegria, aquela que eu vivo entre as pessoas, compartilhando uma dança, uma fogueira ou uma cantoria.
Por isso posso ver e estar cada vez mais forte.
Preciso ver para agir certo.
Então abro os olhos e procuro.

Anúncios

3 respostas para ABRIR OS OLHOS

  1. Aron Patric disse:

    Olá! Estou gostando muito dos textos desse blog … vou continuar devorando mais textos. Um grande abraço!!!

  2. Bruno disse:

    Olá! Estou gostando muito dos textos desse blog … vou continuar devorando mais textos. Um grande abraço!!!
    +1

  3. Carlos disse:

    Olá! Estou gostando muito dos textos desse blog … vou continuar devorando mais textos. Um grande abraço!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s